Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Bolsonaro desmentido sobre transparência

Vera Magalhães

O presidente Jair Bolsonaro fez uma postagem no Twitter na noite de segunda-feira para enaltecer a transparência em seu governo. Disse que tem orientado seus ministros, a começar da CGU, a Controladoria Geral da União, que divulguem todos os dados que fortaleçam a transparência e o combate à corrupção. “Por esse motivo, publicamos, em dados abertos, a remuneração dos servidores aposentados e pagamentos aos pensionistas do Poder Executivo”, escreveu o presidente.

Em resposta, Bolsonaro foi desmentido pela agência Fiquem Sabendo, especializada justamente na divulgação de dados de interesse público a partir da Lei de Acesso à Informação. “O presidente afirma nas redes que ele teria determinado abertura dos os dados de remuneração de pensionistas “em defesa do interesse público”. Os dados só foram publicados por decisão do TCU – após o órgão acatar denúncia feita pelo FS há 3 anos”, informou a agência.

O Fiquem Sabendo lembra que, pelo contrário, o governo recorreu da decisão, o que atrasou a divulgação dos dados. “Pelo contrário, o atual governo tentou barrar a divulgação dos dados, apresentando recursos que atrasaram a decisão final do TCU. Em setembro, o tribunal acatou os nossos argumentos por unanimidade e deu 60 dias para que o governo publicasse os dados”, informa.