Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Bolsonaro deve gravar vídeo com Weintraub para oficializar a saída do ministro

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

A demissão de Abraham Weintraub do governo já é dada como certa. Ele até vem agradecendo às mensagens de apoio e despedida que recebe no Twitter. Para oficializar a saída e mostrar que ainda conta com o apoio do chefe do Executivo, o presidente Jair Bolsonaro deve gravar um vídeo ao lado do ministro da Educação, informou o Broadcast Político.

O presidente Jair Bolsonaro com o ministro da Educação, Abraham Weintraub

O presidente Jair Bolsonaro com o ministro da Educação, Abraham Weintraub durante solenidade no Palácio do Planalto Foto: Dida Sampaio/Estadão

A expectativa é que a gravação seja publicada nas redes sociais nesta quinta-feira, 18. A estratégia foi usada recentemente para demitir a atriz Regina Duarte do cargo de secretária especial de Cultura. Assim, cria-se a narrativa de que foi uma saída sem traumas. Por isso, a demissão deve aparecer no Diário Oficial da União dos próximos dias como “a pedido”.

O secretário nacional de Alfabetização, Carlos Nadalim, é o nome mais cotado para assumir a Educação. A exemplo de Weintraub, Nadalim é seguidor do guru bolsonarista Olavo de Carvalho e defensor do homeschooling – a educação domiciliar, sem precisar, necessariamente, comparecer à escola.

Ontem, por 9 a 1, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu manter Weintraub na mira do inquérito que apura ameaças, ofensas e fake news disparadas contra integrantes da Corte e seus familiares. Os ataques do ministro da Educação à Corte elevaram a pressão por sua saída.