Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Bolsonaro divulga vídeo pedindo participação na manifestação do dia 15

Marcelo de Moraes

Exclusivo para assinantes

Jair Bolsonaro aproveitou sua passagem, hoje, em Roraima, para discursar e pedir a participação das pessoas na manifestação do dia 15, que é apoiada por movimentos de rua alinhados ao governo. A manifestação, que tem como pauta a defesa do governo Bolsonaro e críticas à atuação do Congresso e do Judiciário, tem sido alvo de muitas críticas e sendo chamada de antidemocrática. Bolsonaro divulgou seu discurso na sua conta do Twitter e afirmou que o movimento “é espontâneo” e que não é “contra o Congresso, contra o Judiciário”.

“Dia 15, agora, tem um movimento de rua espontâneo. É um movimento espontâneo. O político que tem medo de movimento de rua não serve para ser político. Então, participem. Não é um movimento contra o Congresso, contra o Judiciário. É um movimento pró-Brasil. É um movimento que quer mostrar para todos nós, presidente, Poder Executivo, Poder Legislativo, Poder Judiciário, que quem dá o norte para o Brasil é a população. Não somos nós políticos que dizemos para o Brasil deve ir. Nós apenas conduzimos. Vocês, povo, que dizem para onde ele deve ir”, afirmou.

Bolsonaro disse que “esse movimento de rua é muito bem vindo”. “O artigo 5º diz que todos podem se reunir pacificamente, bastando apenas comunicar à autoridade competente. Participem e cobrem de todos nós o melhor para o Brasil. Nós temos obrigação de atendê-los. Não é favor da nossa parte. Ninguém tem que se preocupar por causa disso. Quem diz que é um movimento impopular contra a democracia está mentindo e tem medo de encarar o povo brasileiro”, disparou.

Tudo o que sabemos sobre:

BolsonaroManifestação do dia 15