Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Bolsonaro diz que flexibilização é por ‘manifestação popular’

Equipe BR Político

O presidente Jair Bolsonaro, ao ser questionado sobre o porte de armas, que a partir do decreto assinado por ele na terça-feira, 7, libera para categorias como políticos, advogados e jornalistas, se limitou a afirmar que estava cumprindo a lei, de acordo com o Broadcast Político.

“Eu não posso ir além da lei, tudo o que podia ser concedido por decreto, nós o fizemos desde ontem e estamos cumprindo dessa forma uma manifestação popular efetivada em 2005 pela ocasião do referendo. Nada mais fizemos do que o que estava ao alcance via decreto e atendendo à apuração que foi às urnas, decidindo pelo direito da legítima defesa”, afirmou.