Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Bolsonaro diz que topa liberar até ’20 min’ de vídeo de reunião

Gustavo Zucchi

Exclusivo para assinantes

Por meio da Advocacia-Geral da União, o presidente Jair Bolsonaro irá informar ao Supremo que aceita liberar até 20 minutos do vídeo da reunião ministerial do último dia 22 de abril.  Segundo Bolsonaro, o que interessaria ao inquérito seriam dois trechos de “30 segundinhos”, mas que topa divulgar até mais para mostrar o contexto das falas. “Espero que o ministro Celso de Mello libere 20 minutos do vídeo”, disse o presidente afirmando que isso “colocaria um fim” na polêmica da suposta interferência sua na Polícia Federal.

Tudo o que sabemos sobre:

Jair BolsonaroCelso de Mellosergio moroSTF