Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Bolsonaro e mais 141 podem se aposentar na Câmara

Equipe BR Político

Enquanto se preparam para discutir a reforma da Previdência, 142 deputados, reeleitos ou não, podem pedir ao Instituto de Previdência dos Congressistas sua aposentadoria a partir de 1º de fevereiro, informa o Estadão desta terça-feira. Para alguns deles, o benefício pode chegar a R$ 33,7 mil. Com 8 anos de contribuição ao sistema, o deputado já pode requerer aposentadoria proporcional. Com 30, passa a ter direito ao benefício integral. Na lista está o próprio Jair Bolsonaro, que, se requerer, pode acumular a aposentadoria com o salário de presidente (R$ 30,9 mil). Com 28 anos de mandato, o presidente teria direito a uma aposentadoria próxima do valor integral, caso tenha contribuído durante todo o período (a Câmara não informou o valor exato ao jornal, que obteve a lista dos “aposentáveis” pela Lei de Acesso à Informação Pública).