Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Bolsonaro e os medicamentos sem eficiência comprovada

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O presidente Jair Bolsonaro anunciou neste sábado, 4, que o governo vai zerar nos próximos dias os impostos federais para o zinco e a vitamina “D”, produtos que estão sendo usados, mesmo que a eficácia não tenha sido comprovada, por portadores do novo coronavírus. O governo já decretou isenção tributária para a importação de hidroxicloroquina e azitromicina, produtos que têm seu uso defendido por Bolsonaro, mesmo sem que haja recomendação por parte das autoridades sanitárias.

Foto: Reprodução/Twitter

“Medicamentos (entre outros) que tiveram todos seus impostos zerados pelo Governo Federal: Hidroxicloroquina e Azitromicina. Outros que serão “zerados” nos próximos dias: Zinco e vitamina ‘D’. Todos usados no tratamento de pacientes portadores da COVID-19″, escreveu Bolsonaro no Twitter.

Hidroxicloroquina

Na mesma rede social, o presidente publicou a foto de uma reunião ocorrida na manhã deste sábado, em que fez contato com o primeiro-ministro da Índia, Narendra Mori. Segundo a publicação, o presidente solicitou “apoio na continuidade do fornecimento de insumos farmacêuticos para a produção de hidroxicloroquina”.