Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Bolsonaro ignora Moro e reclama da OMS

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Toda a crise gerada pela decisão de demitir o diretor-geral da Polícia Federal, Maurício Valeixo, foi ignorada por Jair Bolsonaro em sua transmissão nas redes sociais desta quinta-feira. O presidente da República preferiu focar em explicações sobre a demora para o pagamento do auxílio para autônomos e em nas críticas que recebe por sua postura diante do coronavírus. “Eu estou respondendo a processo dentro e fora do Brasil e sendo acusado de genocídio por ter defendido uma tese diferente da OMS. O pessoal fala tanto em seguir a OMS, né? O diretor-presidente da OMS é médico? Não é médico”, afirmou Bolsonaro.

Tudo o que sabemos sobre:

Jair BolsonaroOMScoronavírus