Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Bolsonaro imita Trump e coloca cloroquina como ‘esperança’ contra o coronavírus

Gustavo Zucchi

Exclusivo para assinantes

O presidente Jair Bolsonaro está seguindo Donald Trump e divulgando a possibilidade da cloroquina servir como medicamento contra o coronavírus. Ele publicou há pouco em suas redes sociais a notícia que o Hospital Albert Einstein, em São Paulo iniciou o protocolo de pesquisa para avaliar a eficácia do medicamente contra o covid-19. Ele também avisou que decidiu, junto do ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, que o laboratório químico e farmacêutico do Exército irá ampliar a produção da cloroquina. “Tenhamos fé que em breve ficaremos livre deste vírus”, disse.

A postura do presidente brasileiro é semelhante a de Donald Trump. O líder norte-americano tem pressionado as agências reguladores de seu país para que os testes com medicamentos que poderiam resolver a crise sejam feitos o mais rápido possível. Os EUA estão testando a combinação de hidroxicloroquina e azitromicina em pacientes com o covid-19. Por enquanto, não há comprovação científica que os medicamentos funcionem.

Tudo o que sabemos sobre:

Jair Bolsonarocloroquinacoronavírus