Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Bolsonaro lamenta que Brasil não tenha prisão perpétua

Equipe BR Político

O presidente Jair Bolsonaro comentou, em seu Twitter, sobre o caso do assassinato do menino Rhuan, de 9 anos, morto no mês passado no Distrito Federal, pela própria mãe com o auxílio de sua companheira. Bolsonaro aproveitou o tema para expor seu posicionamento em relação à prisão perpétua.

“Chocante caso do menino Rhuan, que teve seu órgão genital decepado e foi esquartejado pela própria mãe e sua parceira, é um dos muitos crimes cruéis que ocorrem no Brasil e que nos faze pensar que infelizmente nossa Constituição não permite prisão perpétua”, escreveu o presidente.

Tudo o que sabemos sobre:

Jair Bolsonaroprisão perpétuacaso Rhuan