Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Marcelo de Moraes

Bolsonaro lança exposição em sua própria homenagem e ignora Congresso

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Com o Congresso em ebulição graças a eleição para presidências das duas Casas, e João Doria avisando que inicia a vacinação no dia 25 de janeiro, Jair Bolsonaro tirou parte de sua tarde para inaugurar uma exposição no Planalto. Uma espécie de homenagem de Bolsonaro para si mesmo. O terno utilizado por ele na posse, em 1º de janeiro de 2019, e o vestido da primeira-dama, Michele Bolsonaro, da mesma ocasião, viraram objeto de exposição permanente no Planalto.

A cerimônia, que durou cerca de 10 minutos, contou com vários ministros. Dentre eles, Ernesto Araújo (Relações Exteriores), Marcelo Álvaro Antônio (Turismo), Onyx Lorenzoni (Cidadania), Braga Netto (Casa Civil), Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo) e Jorge Oliveira (Secretaria-Geral). Questionado sobre a sucessão no Congresso e a decisão do STF que impediu a reeleição de Rodrigo Maia e Davi Alcolumbre, Bolsonaro fez que não entendeu.

Tudo o que sabemos sobre:

Jair BolsonaroPalácio do Planalto