Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Bolsonaro mede ‘poder da caneta’ com Maia

Vera Magalhães

No mesmo dia em que posou para fotos com chefes dos outros Poderes em reunião pra selar um suposto pacto por medidas urgentes para o País, Jair Bolsonaro usou solenidade no Clube Naval para medir forças com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia. Citou uma conversa que teve com Maia em caráter reservado: “Eu disse ao Rodrigo Maia: com a caneta eu tenho muito mais poder do que você. Apesar de você, na verdade, fazer as leis, né? Eu tenho o poder de fazer decretos. Logicamente, decretos com fundamento”.

Fazia referência específica à sua nova obsessão do momento: a revogação de uma reserva ecológica na região da bacia de Angra, que pretende fazer de novo por decreto. A ideia de ampliar o uso de decretos para legislar está presente desde a transição de governo. Foi usada duas vezes para regular a questão das armas, cerne do discurso bolsonarista, e para ampliar o número de pessoas que podem decretar sigilo em documentos públicos –depois derrubado pelo Congresso. / V.M.