Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Bolsonaro muda projeto de Moro para PRF e lança novo plano

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O governo Jair Bolsonaro lançou um novo plano para a Polícia Rodoviária Federal (PRF) nesta sexta-feira, 24, e alterou o planejamento estratégico da organização um ano após ter sido lançado pelo ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sérgio Moro. Depois da saída de Moro, Bolsonaro deu aval para mudanças nas diretrizes da PRF. O diretor-geral da instituição também foi trocado. Eduardo Aggio de Sá, assumiu o cargo após a saída de Moro do governo, substituindo Adriano Marcos Furtado, indicado do ex-ministro.

O presidente Jair Bolsonaro e o ex-ministro da Justiça Sérgio Moro

O presidente Jair Bolsonaro e o ex-ministro da Justiça Sérgio Moro Foto: Dida Sampaio/Estadão

O lançamento ocorreu durante o evento de comemoração dos 92 anos da Polícia Rodoviária Federal. Bolsonaro ressaltou que uma das ações da nova gestão da PRF foi ter iniciado o curso de formação de 600 novos profissionais aprovados em concurso. Segundo o presidente, após a mudança no ministério e na corporação, houve uma demanda e o sinal verde do ministro da Economia, Paulo Guedes, para o aumento do efetivo.

“No que depender de mim, de decretos, do ministro da Justiça, de portarias, do Aggio, nosso diretor-geral, de instruções normativas, estamos à disposição de toda a corporação para fazer com que, com mais meios, de forma mais ágil e com menos burocracia, vocês possam cumprir o seu objetivo”, declarou Bolsonaro no evento.