Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Bolsonaro: ‘Não pensamos em romper nada com a Argentina’

Equipe BR Político

Depois de dois últimos dias de fogo cruzado entre membros do governo brasileiro e o presidente eleito da Argentina, o presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta terça-feira, 29, que não pretende romper relação com o país vizinho após a eleição de Alberto Fernández, no último domingo.

“Não pensamos em romper nada com a Argentina, mas esperamos que o lado de lá continue com as mesmas práticas do Macri, abertura, liberdade econômica, respeito às cláusulas democráticas do Mercosul”, afirmou o presidente em entrevista exclusiva ao Estadão em Riad, na Arábia Saudita. Bolsonaro, no entanto, disse que o governo brasileiro está preparado “para o pior”.

Depois da eleição na Argentina, agora é o pleito no Uruguai que entra no radar do governo. Também no último domingo, o país teve a realização do primeiro turno. O governista Daniel Martínez disputará o cargo em segundo turno com o oposicionista Luis Lacalle Pou em 24 de novembro.

Dependendo de qual for o resultado, Bolsonaro disse que o Brasil pode ficar isolado. “Esperamos, torcemos que aconteça a eleição de alguém mais ligado ao nosso time, aí teríamos o Uruguai afinado conosco”, afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:

Jair BolsonaroArgentinaeleiçãoUruguai