Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Bolsonaro não quer ‘forçar a barra’ na reforma

Equipe BR Político

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta sexta-feira, 14, que o foco do governo é garantir no Congresso a economia para a União com a reforma da Previdência e que, se for possível incluir Estados e municípios no texto, “melhor”. Segundo o presidente, se “forçar a barra” há risco de “não se aprovar nada”, disse Bolsonaro durante café com jornalistas no Palácio do Planalto, no qual o Estadão foi convidado. “É natural ceder, mas que seja no limite curto da economia”, afirmou.

Bolsonaro voltou a criticar a postura de governadores, que não têm ajudado na articulação da reforma no Congresso. “Tem governador que quer aprovar, mas sem voto de suas bancadas”, disse. Bolsonaro afirmou que “não acredita em contagem de votos” e que o governo segue conversando com o Congresso. “Nossa base é diferente de antigamente. Vamos pelo convencimento. A bola não está com o Executivo”, disse, referindo-se à reforma da Previdência.