Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Bolsonaro não quer, mas o PSL quer

Equipe BR Político

O PSL, partido de Jair Bolsonaro, pode usar os recursos do fundo partidário e do fundo eleitoral, rejeitados pelo presidenciável em sua campanha, para custear outros candidatos do partido.

A informação é da Coluna do Estadão, que mostra que os recursos só voltam ao TSE depois da eleição.