Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Bolsonaro: ‘Não sou ditador nem o Dilmo de calça comprida’

Equipe BR Político

Sobre o corte no Orçamento de R$ 1,4 bilhão publicado ontem em edição extra do Diário Oficial da União, o presidente Jair Bolsonaro afirmou na manhã desta quarta-feira, 31, que não é adepto de contingenciamento, mas que “entre a crítica e o impeachment, eu fico com o contingenciamento”. Os ministérios da Cidadania e o da Educação foram os mais atingidos pelo novo bloqueio.

“É um corte pequeno em um Orçamento superestimado, de quase R$ 200 bilhões. Se tem lei, tenho que seguir a lei, não sou ditador nem o ‘Dilmo’ de calça comprida”, afirmou, fazendo referência ao crime de pedalada fiscal pelo qual a ex-presidente Dilma teve seu mandato cassado em 2016, informou o Broadcast Político. 

Notícias relacionadas

Tudo o que sabemos sobre:

Jair Bolsonarocortecontingenciamento