Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Marcelo de Moraes

Bolsonaro: ‘Não vai ter vacina para todo mundo’

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Tecendo críticas à decisão dos ministros do Supremo sobre possíveis sanções para quem não se vacinar, Jair Bolsonaro avisou que no próximo ano não haverá nenhuma sanção, porque “não tem vacina para todo mundo”. “Não tem medida impositiva no ano que vem. Zero”, disse. “Com todo respeito ao Supremo Tribunal Federal, tomou medida antecipada. Nem vacina tem. Não vai ter vacina para todo mundo”.

Nesta quinta-feira, 17, Bolsonaro assinou uma medida provisória destinando R$ 20 bilhões para a compra de vacinas. O presidente também voltou a reclamar da obrigatoriedade da Anvisa se posicionar em até 72 horas sobre vacinas aprovadas nos Estados Unidos, Japão, Europa e China.

Apesar de sua posição de que não irá, mesmo com uma vacinação ampla, colocar qualquer sanção aos que não se vacinarem, o presidente defendeu o voto do ministro Nunes Marques, que admitiu a possibilidade de medidas restritivas, mas apenas advindas do governo federal. Bolsonaro chamou de “imbecil” e “papagaio de internet” os críticos entre os seus apoiadores que, contrários à vacina, criticaram o voto do indicado por Bolsonaro.

Jair Bolsonaro ao lado dos ministros Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia) e Tarcísio Gomes de Freitas (Infraestrutura). Foto: Reprodução