Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Marcelo de Moraes

Bolsonaro no desespero: ‘É preciso tirar o PCdoB do governo do Maranhão’

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Cada vez mais focado na disputa presidencial de 2022, o presidente Jair Bolsonaro pediu a Deus para que o PCdoB seja retirado do governo do Maranhão, sem citar o nome do governador Flávio Dino, em conversa com apoiadores nesta manhã de terça, 27, no Palácio da Alvorada. Dino é uma das apostas eleitorais do campo progressista para a próxima eleição presidencial, enquanto o chefe do Planalto tenta uma inserção no Nordeste para atrair votos na Região em busca da reeleição.

Bolsonaro apelou para o fantasma do comunismo, sempre usado pela extrema-direita no mundo quando se sente ameaçada. “Tem que tirar o PCdoB de lá, cara, pelo amor de Deus. Só aqui no Brasil mesmo, comunista falando que é democrático. Eu estou fazendo pesquisa aqui”, disse ele a sua claque.

Com relação à disputa municipal de novembro na capital São Luís, o deputado federal do Podemos, Eduardo Braide, lidera com 44% das intenções de voto, segundo a recente pesquisa Ibope. O segundo lugar está embolado entre Duarte Júnior (Republicanos), com 19%, e Neto Evangelista (DEM), com 14%.

Flávio Dino, governador do Maranhão. Foto: Gilson Teixeira/Estadão