Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Bolsonaro parabeniza Maia pela aprovação da reforma

Equipe BR Político

O presidente Jair Bolsonaro parabenizou o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e os parlamentares pela aprovação da reforma da Previdência na Casa. Ao deixar o Palácio da Alvorada, nesta quinta-feira, 8, Bolsonaro afirmou que “ganhar de um a zero ou de dez a zero é a mesma coisa”, se referindo ao placar da votação. “Parabéns ao Rodrigo Maia, ao parlamento, pela responsabilidade de votar um tema que traz de certa forma um prejuízo político”, afirmou o presidente, pontuando que “futuro do Brasil é que está em jogo” na elaboração da reforma, de acordo com o Broadcast Político.

Agora a PEC segue para o Senado. Na Casa, Bolsonaro defendeu que não haja uma desidratação da reforma por meio de uma proposta paralela. O presidente disse estar conversando com os senadores do PSL e com os “mais chegados”para evitar que isso aconteça. “Precisa de uma maioria qualificada para resolver esse problema. A gente espera que não seja mexido”, declarou. A ideia, reforçou, é que o Senado não altere a proposta da Câmara e evite que o texto volte aos deputados. Alterações, ressaltou, virão em uma proposta paralela “se assim a equipe econômica julgar necessário.” Ele voltou a falar que fazer uma reforma da Previdência é como uma quimioterapia, que é “péssimo”, mas uma decisão necessária para evitar que o Brasil “morra”.