Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Bolsonaro pede voto para aliados, mas não cita Carlos

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Faltando um dia para o primeiro turno das eleições municipais, o presidente Jair Bolsonaro usou seu perfil oficial no Facebook neste sábado, 14, para pedir votos para aliados, mas não citou seu filho, Carlos Bolsonaro (Republicanos), que tenta se reeleger omo vereador no Rio de Janeiro.

O presidente Jair Bolsonaro e o candidato Celso Russomanno

O presidente Jair Bolsonaro e o candidato Celso Russomanno Foto: Alex Silva/Estadão

Na lista publicada hoje, Bolsonaro cita candidatos às prefeituras e câmaras municipais em várias cidades do País. Entre os promovidos, Celso Russomanno e Marcelo Crivella, que concorrem às prefeituras de São Paulo e Rio de Janeiro, respectivamente, pelo Republicanos. O presidente também cita Walderice Santos da Conceição, a Wal do Açaí, que concorre ao cargo de vereadora em Angra dos Reis (RJ) e já foi apontada como funcionária fantasma.

Na lista do presidente ainda estão candidatos às prefeituras de Manaus (AM), Santos (SP), Recife (PE), Belo Horizonte (MG), Fortaleza (CE). Ele também cita concorrentes a cargos de vereador em São Paulo (SP), Boa Vista (RR) e Belo Horizonte (MG). Bolsonaro também pediu votos para a Coronel Fernanda (Patriota), que concorre a uma vaga no Senado pelo Mato Grosso. Além dos nomes, o presidente informou o número dos apadrinhados.

Nos últimos dias, o presidente pediu votos para Carlos em publicações e transmissões ao vivo nas redes sociais. Ao longo dessa semana, Bolsonaro transformou transmissões ao vivo pela internet no que ele chamou de “horário eleitoral gratuito”.

Foto: Reprodução/Facebook