Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Bolsonaro precisou podar planos de Guedes

Equipe BR Político

De acordo com o ministro da Economia, Paulo Guedes, o presidente Jair Bolsonaro colocou alguns limites para a agenda de transformação do Estado apresentada nesta terça-feira, 5, pela equipe econômica.

Uma das medidas pretendidas pelo ministro, e que foi podada pelo presidente, foi a retirada da garantia do reajuste do salário mínimo pela inflação, segundo o Broadcast Político.

“Bolsonaro é homem de enorme intuição política. (O presidente disse) ‘Ô, ministro, você acaba de fazer enorme reforma da Previdência, a turma ainda tá meio tonta, você ainda quer desindexar o dinheiro dos velhinhos? Que história é essa?’. Ok, é verdade, entendi. Tá cedo mesmo”, narrou Guedes.

O ministro reconheceu que, com a inflação em níveis baixos, não há necessidade premente de fazer a chamada desindexação, que é retirar a obrigatoriedade da reposição pela inflação. “Com inflação subindo 2%, 3%, vou tirar dinheiro do velhinho que tá comprando remédio?”, disse.

Tudo o que sabemos sobre:

Jair BolsonaroPaulo Guedes