Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Bolsonaro promete auxílio até dezembro: ‘Só não sei o valor’

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O presidente Jair Bolsonaro reafirmou, na tarde desta sexta-feira, 21, que o governo vai manter o pagamento do auxílio emergencial até dezembro, mas disse não sabem qual o valor. Em viagem ao Rio Grande do Norte, ele ressaltou, no entanto, que o benefício não pode ser definitivo.

Presidente Jair Bolsonaro recebe cumprimentos de populares durante sua chegada a Mossoró. Foto: Alan Santos/PR

“O auxílio emergencial foi bem-vindo, mas ele custa R$ 50 bilhões por ano. Infelizmente, ele não pode ser definitivo, mas vamos continuar com ele, mesmo que com valores diferentes, até que a economia realmente possa pegar no nosso País”, disse Bolsonaro em evento na cidade de Ipanguaçu (RN). “Vai até dezembro, só não sei qual vai ser o valor”, acrescentou.

Na última quarta, o presidente afirmou que o governo busca um meio-termo entre os R$ 200 defendidos pela equipe econômica e os atuais R$ 600 destinados a trabalhadores informais durante a pandemia do novo coronavírus.

 

Tudo o que sabemos sobre:

Jair Bolsonaroauxílio emergencial