Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Bolsonaro quer desculpas de Macron

Equipe BR Político

Em dois minutos de entrevista nesta manhã de terça, 27, o presidente Jair Bolsonaro falou que pode rever a postura de desprezar os R$ 87 milhões oferecidos pelo G-7, como anunciado pelo ministro Onyx Lorenzoni na noite de segunda, 26, ao jornalista Gerson Camarotti. “Eu falei isso (rejeitar a oferta)? Eu falei? O presidente Bolsonaro falou?”, questionou os jornalistas. O presidente declarou que o mandatário francês deveria retirar antes os “insultos” contra sua pessoa – Emmanuel Macron o chamou de mentiroso. “Primeiro ele retira, depois oferece (ajuda), daí eu respondo.” No entanto, quando questionado se pediria desculpas à primeira-dama francesa, Bolsonaro ficou bravo ao explicar que não colocou a foto que zombava Brigitte e justificou que pediu para o responsável não “falar besteira”. Na sequência, foi embora. Logo mais, Bolsonaro terá reunião com governadores da Amazônia Legal (Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins e parte do Maranhão). Bolsonaro esqueceu de acrescentar que o seu comentário tinha um “kkkkkk”.

Assine o BR Político para ter acesso a produtos e informações exclusivos. Clique neste link para se tornar um assinante.

Tudo o que sabemos sobre:

Emmanuel MacronG-7Bolsonaro