Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Bolsonaro repete que não nasceu para ser presidente

Equipe BR Político

O presidente Jair Bolsonaro voltou a repetir nesta segunda-feira, 20, em discurso na Firjan, que, como já avisou anteriormente, não tem vocação para presidente. “Outro dia falei que não nasci para ser presidente. Desceram a lenha em mim. Quem nasceu (para ser presidente) está preso ou está estocando vento”, disse Bolsonaro. Além disso, o presidente defendeu a aproximação que vem tendo com os Estados Unidos, criticando gestões anteriores que teriam se aproximado mais de países como Venezuela e Cuba.”Temos uma oportunidade ímpar de mudar o futuro do Brasil”, afirmou Bolsonaro convocando os empresários presentes a lutar contra o atraso, segundo o Broadcast Político.

Ele disse que nos Estado Unidos, quando se falava em preocupações em relação à Venezuela, dizia para se preocuparem com a Argentina, devido a uma possível vitória da ex-presidente Cristina Kirchner. “Lá nos Estados Unidos, apesar de não ser muito prudente falar nisso, eu dizia: preocupem-se primeiro com a Argentina, que está voltando para as mãos da senhora Cristina Kirchner, ou vamos ter uma nova Venezuela no sul da América do Sul”, disse. “Queremos nos aproximar de países que trazem vantagem para nós”, completou.