Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Bolsonaro se irrita com Terra e coloca ministro na corda bamba

Equipe BR Político

O presidente Jair Bolsonaro ficou irritado e não gostou de saber que o ministro da Cidadania, Osmar Terra, ignorou alertas de fraude antes de aceitar a contratação da Business Technology (B2T), que virou alvo da Polícia Federal na Operação Gaveteiro. Por conta disso, nesta quarta-feira, 12, o chefe do Executivo cobrou explicações de Terra sobre o contrato milionário. O caso foi revelado pelo Estadão.

O ministro da Cidadania, Osmar Terra

O ministro da Cidadania, Osmar Terra Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A situação colocou Terra em uma corda bamba no comando do ministério. Ele pode ser um dos próximos a ser substituído em uma minirreforma ministerial que deve ser promovida por Bolsonaro nos próximos dias.

O presidente pediu a apuração sobre as suspeitas de que a B2T foi usada como empresa de fachada para desviar R$ 50 milhões dos cofres públicos entre 2016 e 2018, durante a gestão do presidente Michel Temer. Pelo atual desenho ministerial, em uma eventual confirmação da saída de Terra, o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, é quem deve assumir o Ministério da Cidadania. Nas últimas semanas, como você leu no BRP, ele foi posto em fritura pelo presidente Jair Bolsonaro.