Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Bolsonaro sobre tortura no Pará: ‘Só perguntam besteira’

Equipe BR Político

Após abandonar uma coletiva de imprensa ao ser questionado sobre as acusações contra o ministro do Turismo, o presidente Jair Bolsonaro também não quis mais papo quando o assunto foi a denúncia do Ministério Público Federal de que há um quadro de tortura nos presídios do Pará após intervenção federal. “Só perguntam besteira, só besteira o tempo todo”, disse o presidente, segundo o Globo.

Como você leu aqui no BRP, 17 dos 28 procuradores do MP do Pará assinam uma ação de improbidade administrativa pelas evidências de que há procedimentos de tortura em presídios onde atua a força-tarefa do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, e do governador do Estado, Helder Barbalho.

O coordenador do grupo, Maycon Cesar Rottava, já foi afastado do cargo pela Justiça Federal. As denúncias incluem práticas como perfuração dos pés dos presos com pregos, uso de formigueiros em presas nuas, e até empalamento. Em resposta, Moro diz que as denúncias são um mal-entendido, e que a intervenção “levou disciplina para dentro dos presídios”.