Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Bolsonaro tem ‘dívida de gratidão’ com Magno Malta

Cassia Miranda

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, afirmou que tem uma “dívida de gratidão” com o senador Magno Malta (PR) e que ainda se sente “devedor” em relação a ele. “As portas da transição e do governo estão abertas para Magno Malta”. Contudo, Bolsonaro disse que não se considerou “adequado” indicar o senador ao Ministério da Cidadania.

O senador do Espírito Santo chegou a ser cotado para vice de Bolsonaro. Viajou o País em campanha com o candidato do PSL. Não se reelegeu em seu Estado, e não foi indicado a nenhum cargo no novo governo.