Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Marcelo de Moraes

Bolsonaro tenta responsabilizar Estados e municípios por testes ‘encalhados’

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O presidente Jair Bolsonaro tentou responsabilizar Estados e municípios, nesta segunda-feira, 23, pelos 6,86 milhões de testes para o diagnóstico do novo coronavírus que estão “encalhados” no Ministério da Saúde. Como mostrou o Estadão, os produtos  vão perder a validade entre dezembro deste ano e janeiro do ano que vem e podem acabar no lixo.

O presidente Jair Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro Foto: Gabriela Biló/Estadão

“Todo o material foi enviado para Estados e municípios. Se algum Estado/município não utilizou deve apresentar seus motivos (sic.)”, respondeu Bolsonaro, nas redes sociais, a um apoiador que o questionou se a informação procedia.

Já o vice-presidente Hamilton Mourão, ao ser questionado sobre o assunto, disse “não estar ciente” e que cabe ao Ministério da Saúde apresentar os esclarecimentos.

Em nota divulgada ontem, o ministério disse que entrega os exames conforme demanda de Estados e municípios. A pasta afirmou ainda que não mediu esforços para compra de kits de testagem e investimentos em laboratórios. O ministério, porém, também omitiu no comunicado o tamanho de seu estoque.

Foto: Reprodução/Facebook