Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Bolsonaro vai de Tasso?

Vera Magalhães

As designações, no mesmo dia, do ex-candidato ao governo do Ceará pelo PSDB, general Guilherme Teophilo, e de Mayra Pinheiro, médica e ex-candidata tucana ao Senado pelo mesmo Estado, para o segundo escalão do Ministério da Saúde, podem indicar uma aproximação do governo Bolsonaro com a ala cearense do PSDB –e um eventual apoio a Tasso Jereissati para a presidência do Senado.

Tasso já conversou com a deputada eleita Joice Hasselmann (PSL), que é próxima do também tucano João Doria Jr. Um passaporte para a aproximação de Tasso com o próximo governo pode ser o fato de que ele fez críticas públicas ao PSDB ainda na campanha. Flávio Bolsonaro, em entrevista na segunda-feira à GloboNews, se colocou frontalmente contra a candidatura de Renan Calheiros (MDB) ao comando do Senado e citou Tasso –que tem sido aquele com quem Renan trava o principal embate na disputa. / V.M.