Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Bolsonaro vê ‘dado alarmante’ em amputações de pênis

Equipe BR Político

Em visita ao Ministério da Educação nesta quinta-feira, o presidente Jair Bolsonaro interrompeu o ministro Abraham Weintraub para dar um “dado alarmante” que teria sido levado a ele por profissionais de saúde: o número de amputações de pênis por falta de higiene no Brasil. O tema não tinha relação com a fala de Weintraub, que discorria sobre o corte de verbas para escolas do MST por conta de alta carga ideológica.

“Eu tomei conhecimento uma vez que certos homens, ao ir para o banheiro, eles só ocupavam o banheiro para fazer o número 1 (urinar) no reservado. O que é que acontece com esse cara? Eu sabia e aos poucos vou tomando conhecimento, e estive conversando com profissionais da saúde, no meio militar a gente ensina a escovar os dentes e, ao garoto que presta serviço militar obrigatório, também outras coisas. E deu um dado alarmante, quando se fala em higiene: no Brasil, ainda, nós temos por ano mil amputações de pênis por falta de água e sabão”, discursou o presidente. A Sociedade Brasileira de Urologia confirma que a falta de higiene aumenta a incidência de câncer de pênis, mas nem a entidade nem o Ministério da Saúde, questionados pela Folha, informara o número de amputações penianas no Brasil.