Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Bolsonaro volta a chamar manifestantes contra o governo de ‘terroristas’

Gustavo Zucchi

Exclusivo para assinantes

Seguindo a tendência de sua militância, o presidente Jair Bolsonaro voltou a chamar de “terroristas” manifestantes contrários ao seu governo. Pela manhã, Bolsonaro já havia feito a acusação para apoiadores na frente do Palácio do Alvorada. “Quem promove o caos, queima a bandeira nacional e usa da violência como uma forma de “protestar” é terrorista sim”, disse Bolsonaro em seu Twitter, replicando uma matéria do Estadão. “Manifestante, contra ou a favor do governo, é outra coisa”, completou o presidente.

Como o BRP mostrou mais cedo, bolsonaristas têm tentado seguir o exemplo do presidente norte-americano, Donald Trump, e classificar grupos antifascistas como “terroristas”. Há um projeto do deputado Daniel Silveira (PSL-RJ) neste sentido. Grupos com tendências paramilitares que defendem Bolsonaro, como o “300 pelo Brasil”, não são enquadrados da mesma forma.

Tudo o que sabemos sobre:

Jair BolsonaroAntifaterroristas