Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Bolsonaro volta a criticar vacina chinesa contra o coronavírus

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Enquanto Paulo Guedes distribui ironias em conversa com os americanos, Jair Bolsonaro voltou suas armas contra os chineses. Novamente, o presidente da República criticou a vacina contra o coronavírus que está sendo desenvolvida pela potência asiática. Ele “ironizou” o governo de São Paulo, que fechou contrato para produção de vacinas chineses no Instituto Butantã. “”O mais importante, diferente daquela outra (vacina) que um governador resolveu acertar com outro país, vem a tecnologia para nós”, disse.

A crítica foi feita durante a cerimônia de assinatura de uma medida provisória. A MP abre crédito extraordinário de cerca de R$ 2 bilhões para a compra, processamento e distribuição de 100 milhões de doses de vacina contra a covid-19 que está sendo desenvolvida pela Universidade de Oxford.

Tudo o que sabemos sobre:

Jair Bolsonarovacinacoronavírus