Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

BPC, aposentadoria rural e capitalização se tornam os ‘bodes’ da reforma

Marcelo de Moraes

O debate em torno da reforma da Previdência mal começou dentro do Congresso e o governo já parece ter aceitado que três de seus pontos – BPC, aposentadoria e capitalização – se transformaram em “bodes na sala” da proposta. Na gíria política, esses são pontos que provocam muita resistência e acabam sendo retirados pelo governo como um gesto de concessão nas negociações em troca da aprovação do restante do projeto.

A decisão de não alterar as regras do pagamento do Benefício de Prestação Continuada (BPC) parece já estar tomada e tudo indica que isso também acontecerá com a aposentadoria rural. A novidade foi o próprio presidente Jair Bolsonaro ter admitido hoje, em café com jornalistas, a dificuldade para aprovar o regime de capitalização. Afinal, as resistências a esse ponto ainda estavam mais concentradas na oposição. O problema é que ao entregar três “bodes” logo no início das discussões abre-se a brecha para que a proposta possa ser mexida em itens bem mais centrais, como idade mínima, por exemplo. /M.M.

Tudo o que sabemos sobre:

reforma da previdência