Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Brasil ‘otimista’ após França barrar acordo com Mercosul

Equipe BR Político

O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, demonstrou otimismo após o Ministério da Agricultura francês reagir contra o acordo do Mercosul (Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai) com a União Europeia, negociado já há 20 anos, por temor de que itens como o meio ambiente sejam desrespeitados. “A França não ratificará nenhum acordo que prejudique os interesses dos agricultores e consumidores, as exigências de qualidade sanitária e alimentar das normas europeias e os nossos engajamentos ambientais do Acordo de Paris”, afirmou o titular da pasta, Didier Guillaume. O desmatamento na Amazônia é um dos entraves às negociações.

A reação vai “na linha de uma atitude que a gente conhece que a França vem tendo em proteção de sua agricultura. Cabe ao conjunto dos países europeus fazer um balanço do valor estratégico do acordo como um todo em função de eventuais sacrifícios em certas posições, assim como nós fazemos. Não acredito que seja uma barreira maior da que já existia”, avaliou o chanceler nesta tarde de quinta, 23,na sede da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) em Paris.

Tudo o que sabemos sobre:

Ernesto Araújo