Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Brasil precisa inspirar confiança no G-20, avalia pesquisador

Equipe BR Político

O principal desafio da comitiva brasileira no G-20 será mostrar que haverá sabedoria política para criar um ambiente de governabilidade no País. Essa é a avaliação do cientista político e pesquisador da Universidade Harvard, Hussein Kalout. “O que importa na reunião do G-20 é qual a credibilidade econômica que o governo pretende plasmar e de que forma o governo pode inspirar confiança como ator que compõe as 20 maiores economias do mundo”, disse em entrevista ao Estadão.

Além disso, Kalout avalia que desde o início do governo Bolsonaro, o País não tem, ainda, uma política externa clara e delineada. Por esse motivo, ainda não é possível que tenhamos resultados tangíveis nesta área. “O Brasil ainda não definiu qual é a sua grande estratégia. Qualquer mudança drástica tende a impor ao País custos. Resta saber quais são os ganhos que o Brasil pode amealhar por meio dessas mudanças que estão em curso”, afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:

Hussein KaloutG-20política externa