Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

BRP Recomenda: O que dizem os editoriais

Equipe BR Político

O principal editorial desta segunda-feira do Estadão aborda o anúncio, feito pelo ministro Paulo Guedes (Economia), de que o Brasil vai aderir ao Acordo Internacional de Compras Governamentais), instituído internacionalmente desde 2014. Guedes anunciou a medida como uma investida importante no combate à corrupção. “O processo de adesão ao GPA é caminho para modernizar diversos setores da economia nacional, integrando o País às cadeias globais de negócio. Aqui, uma vez mais, o governo Bolsonaro acerta ao dar continuidade às políticas iniciadas no governo do presidente Michel Temer”, diz o texto.

Em outro texto, o jornal aborda as discussões ambientais, intensificadas após o Fórum Econômico Mundial, em Davos, no qual tiveram papel central. O editorial trata do conceito de “cisnes verdes”, que aparece em comunicado do BIS, que reúne bancos centrais de 55 países, e se refere a eventos climáticos que escapam à previsão e têm impactos extremos. “Quem enfrenta os riscos físicos das mudanças climáticas sem enfrentar os riscos de transição acarretados por estratégias de mitigação potencialmente desordenadas pode evitar catástrofes ambientais, mas arrisca-se a desencadear catástrofes sociais. Uma coisa não pode – não deve – excluir a outra. A mensagem do BIS é que o bom combate precisa ser travado nas duas frentes, ou não será bom”, conclui o texto.