Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

BRP recomenda: o que dizem os editoriais

Equipe BR Político

O principal editorial do Estadão neste domingo discute quais deveriam ser os eixos de uma reforma administrativa: não apenas o necessário corte de gastos, mas um redesenho profundo do tamanho e da estrutura do Estado. “Uma reforma administrativa tem de ser capaz de reconectar os cidadãos ao Estado, hoje visto como uma corte de privilegiados apartada da sociedade e dedicada apenas a explorar as pessoas comuns em benefício próprio. Somente desse modo seria possível conferir legitimidade a políticas públicas frequentemente questionadas por emanarem não da construção democrática de consensos com vista a atender o interesse geral do País, mas da articulação de coxia entre operadores políticos a serviço de corporações”, propugna o texto.

Outro texto de opinião do jornal se detém sobre os números da Pnad que mostram uma melhora no mercado de trabalho. “Embora lenta, a recuperação do mercado de trabalho brasileiro é generalizada e mostra gradual melhora da qualidade dos novos empregos. Mas ainda são preocupantes os dados referentes a desemprego, subocupação e desalento. E os principais indicadores do mercado de trabalho continuam muito piores do que os de 2014, quando os resultados foram, em geral, os melhores da série estatística elaborada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)”, constata o jornal.