Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

BRP Recomenda: O que dizem os editoriais

Equipe BR Político

O editorial do Estadão nesta quarta, 8, defende a privatização de estatais estaduais, especialmente as de energia elétrica e de saneamento. “Tanto na privatização por razões programáticas, com vistas a retirar o setor público de áreas onde é ineficiente e sua presença é desnecessária, como por motivos financeiros, a receita será contabilizada apenas uma vez. Essa receita deverá aliviar problemas imediatos. Outro benefício é retirar do setor público o ônus com os salários dos empregados das estatais privatizadas”, afirma.

No segundo texto, o jornal aborda as previsões de crescimento da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) para 2020, destacando que o sucesso das montadoras vai depender do mercado interno. “Os números são claros e confirmam: houve ganho de eficiência e graças a isso a produção voltou a crescer. Quanto mais seria necessário, no entanto, para as empresas do setor se arriscarem numa competição mais aberta e mais diversificada? De respostas claras e práticas a questões como essa dependerão o vigor e a duração do crescimento geral da economia nos próximos anos.”

No terceiro editorial, o jornal fala da gravidade da crise na Venezuela que hoje, a rigor, tem dois presidentes e três Parlamentos disputando poder. “A situação hoje é favorável ao ditador Nicolás Maduro. Os Estados Unidos têm outras preocupações mais urgentes. O Brasil pode pouco além do que já vem fazendo no campo diplomático. E as forças de oposição no país vizinho veem cada vez mais tolhidas as suas possibilidades de ação. Triste povo.”

Tudo o que sabemos sobre:

VenezuelaAnfaveaPrivatização