Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

BRP Recomenda: O que dizem os editoriais

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Nesta quinta-feira, 12, editorial do Estadão questiona a recente postura de Jair Bolsonaro ante a pandemia. “O presidente Jair Bolsonaro, como um valentão na hora do recreio, chamou o País para a briga. Descontrolado como poucas vezes se viu em sua vergonhosa Presidência, classificou como ‘maricas’ os milhões de brasileiros que se preocupam com a pandemia de covid-19.

O jornal também trata da inflação que começa a assustar as famílias brasileiras. “Comida mais cara afeta o poder de consumo dos pobres, já prejudicado pela redução de salários, pelo desemprego e, desde setembro, pela diminuição do auxílio emergencial. O efeito perverso da inflação dos alimentos é bem visível no desempenho dos hiper e supermercados. O aumento de preços impulsionou a receita e ao mesmo tempo derrubou seu volume de vendas. Mas, apesar do aperto da maior parte das famílias, o volume vendido pelo comércio do dia a dia cresceu 0,6% em setembro, completando cinco meses de expansão e atingindo nível recorde na série iniciada em 2004, mesmo com a perda de ritmo, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).”

Uma avaliação das eleições em São Paulo e o recente debate promovido pelo jornal são tema de terceiro editorial. “Esse diálogo direto entre os candidatos fornece elementos importantes para que cada eleitor possa decidir responsavelmente o seu voto. Não há exercício livre e maduro dos direitos políticos sem informação de qualidade – sem um conhecimento de quem são os candidatos, suas trajetórias de vida, suas ideias, a viabilidade de suas propostas, bem como sua capacidade de realizá-las. Por isso, a preparação do eleitor nos dias que antecedem à eleição, procurando se informar bem sobre as diferentes candidaturas, é decisiva para a democracia.”

Tudo o que sabemos sobre:

Editorial Estadão