Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

BRP Recomenda: O que dizem os editoriais

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Editorial do Estadão desta sexta-feira, 13, trata da importância do voto para o Legislativo. “É frequente ouvir a reclamação de que ‘nenhum deputado no Congresso me representa’. Ainda que seja habitual, quase um lugar-comum, incapaz de surpreender quem quer que seja, essa crítica tem sérias implicações. Ela não significa, por exemplo, que o Legislativo está distante ou que as leis aprovadas refletem pouco as preferências políticas pessoais. A frase “nenhum parlamentar me representa” estabelece uma radical – e absolutamente irreal – separação entre eleito e eleitor.”

A situação no Peru é tema de segundo editorial. “Após uma tentativa abortada de impeachment em setembro, o Congresso do Peru aprovou na noite de segunda-feira a deposição do presidente Martín Vizcarra. A seis meses de novas eleições presidenciais, o episódio é só o mais recente capítulo de uma crise política que vem de longe e, tudo indica, está longe de terminar.”

A retomada lenta do setor de serviços também é discutida pelo jornal. “Maior fonte de empregos em tempos normais, o setor de serviços cresceu em setembro pelo quarto mês consecutivo, mas ainda sem retomar o nível de atividade pré-pandemia. Indústria e varejo começaram a recuperar-se mais cedo, em maio, e saíram mais rapidamente do buraco onde haviam caído em março e abril. Desde o início da retomada, o volume de serviços prestados acumulou expansão de 13,4%, resultado modesto quando comparado com a perda de 19,8% no período de março a maio.”

Tudo o que sabemos sobre:

Editorial Estadão