Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

BRP Recomenda: o que dizem os editoriais

Equipe BR Político

Editorial do Estadão desta quinta-feira, 20, traz comentário sobre o “descontrole” demonstrado pelo presidente Jair Bolsonaro. “O destempero do presidente Jair Bolsonaro atingiu nesta semana um nível inaceitável para quem ocupa tão elevado cargo. Já não é mais possível dizer que o presidente está “testando os limites” da democracia e do decoro, pois estes há muito tempo foram superados. O que aconteceu nos últimos dias é mais do que simplesmente uma reiteração da falta de moderação de Bolsonaro; trata-se de demonstração cabal da incapacidade do presidente de controlar a própria língua e, por extensão, o governo que chefia”, diz o jornal.

Outro texto trata da recente greve dos petroleiros e suas consequências. “Sob quaisquer ângulos que se analise esta paralisação, o que se tem é uma completa desmoralização da greve como justo instrumento de que dispõem os trabalhadores para fazer valer os seus interesses. Neste episódio, igualmente desmoralizada ficou a Justiça do Trabalho.”

Ainda aborda a aprovação da reforma da Previdência estadual na Assembleia Legislativa de São Paulo. “Essencial para assegurar a sustentabilidade do sistema de aposentadoria e pensões dos servidores públicos estaduais de São Paulo, a proposta de reforma previdenciária apresentada pelo governador João Doria Jr. foi votada e aprovada em primeiro turno pela Assembleia Legislativa de São Paulo na terça-feira à noite, poucas horas depois de o presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Dias Toffoli, derrubar duas liminares concedidas pelo Tribunal de Justiça de São Paulo que impediam a tramitação da matéria.”