Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Bruno Covas deixa UTI

Equipe BR Político

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), deixou a UTI do Hospital Sírio-Libanês nesta sexta-feira, 13, após exames apontarem que já não há sinais de sangramento em seu fígado. Ele foi levado para uma unidade semi-intensiva. “Não há previsão de alta hospitalar”, informa boletim médico divulgado hoje pelo hospital.

Covas, que trata desde outubro, com sessões de quimioterapia, um câncer metastático que atinge três pontos de seu sistema digestivo, foi levado para a UTI na quarta após ter um sangramento no fígado, que foi perfurado pelos médicos do Sírio com uma agulha enquanto ele fazia um exame.

“Ele encontra-se estável, sem sinais de sangramento”, informa o novo boletim, assinado pelos médicos Fernando Ganem, diretor de Governança Clínica do Sírio-Libanês, e Maria Beatriz Souza Dias, diretora clínica do hospital.

Tudo o que sabemos sobre:

prefeitoBruno CovasUTIcâncer