Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Bruno Covas rejeita surfar o ‘antipetismo’

Vera Magalhães

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, tenta se descolar da imagem do governador João Doria Jr. para construir sua candidatura à reeleição. Ele diz, por exemplo, em entrevista ao Estadão, que não pretende se apresentar como o “antipetista”, cerne da estratégia de Doria em 2018. “Não faço uma carreira em cima do antipetismo”, afirmou.

Ele defende a expulsão de Aécio Neves do PSDB e que o partido adote o ideário liberal na economia, mas mantendo seu compromisso com políticas sociais. “A linha do PSDB é que apostamos na parceria com o setor privado. Do ponto de vista social, mantemos nosso compromisso com as políticas sociais. O próprio Doria fez isso. Montou um grande programa de privatização na cidade de São Paulo e criou 18 CTAs (centros de acolhimento( para moradores de rua.”