Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Cabral acumula 197 anos de pena

Equipe BR Político

Com a oitava condenação proferida pela Justiça nesta segunda, 3, o ex-governador do Rio Sérgio Cabral Filho (MDB) soma 197 anos e 11 meses de pena de prisão. Desta vez, a denúncia do Ministério Público Federal envolve crime de lavagem de dinheiro por empresas, como a FW Engenharia, para dar aparência lícita ao pagamento de R$ 1,7 milhão em propina, informa o Estadão.

A ex-mulher e o irmão do ex-governador, Susana Neves Cabral e Maurício Cabral, também foram condenados. Susana terá de cumprir oito anos e quatro meses de prisão em regime fechado, e Maurício quatro anos e seis meses de reclusão em regime semiaberto.