Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Cacique Raoni testa positivo para covid-19

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O cacique Raoni, maior líder indígena do País, testou positivo para a covid-19, segundo informa nesta segunda, 31, o instituto que leva o nome do índio caiapó. “Após um mês de alta, Raoni foi novamente internado com sintomas de pneumonia. Exames realizados e sorologia confirmaram COVID-19. Seu estado é bom, sem febre, respirando normalmente e sem ajuda de oxigênio. Raoni teve COVID-19 e que exames mostram presença de anticorpos e fora de perigo”, diz a instituição.

Cacique Raoni Metuktire, da tribo dos Caiapós.

Cacique Raoni Metuktire, da tribo dos Caiapós. Foto: Regis Duvignau/Reuters

No mês de junho, a doença matou sua mulher, Bekwyjkà Metuktire, o que resultou em quadro de depressão.

Ao longo de sua trajetória, o cacique Raoni foi protagonista em diversas lutas em favor dos povos indígenas e da Amazônia, passando a ser reconhecido internacionalmente como líder legítimo e porta-voz da preservação do meio ambiente. Em 1978, foi tema de um documentário indicado ao Oscar e, em 1987, após seu encontro com Sting, alcançou notoriedade internacional.

Raoni teve forte atuação na Assembleia Constituinte em 1987 e 1988 junto ao movimento indígena, a qual resultou na inclusão dos direitos fundamentais dos povos indígenas na Constituição Federal de 1988.

 

Tudo o que sabemos sobre:

cacique raonilíder caiapóCovid-19