Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Cai para 48% taxa de isolamento na Capital paulista

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), chamou atenção para a queda no isolamento registrado na quarta-feira, 22, na Capital paulista. De acordo com o Sistema de Monitoramento Inteligente (SIMI-SP) do Governo de São Paulo, a taxa de isolamento ontem foi de 48%. Um dia antes, o índice registrado foi de 57%, durante o feriado de Tiradentes.

Segundo Doria, o índice "acende o sinal amarelo" no município

Segundo Doria, o índice ‘acende o sinal amarelo’ no município Foto: Tiago Queiroz/Estadão

O início da flexibilização da quarentena no Estado a partir de 10 de maio pode ser revisto em alguns municípios, disse Doria, caso a taxa continue abaixo dos 50%.

Segundo Doria, o índice “acende o sinal amarelo” no município. “Ontem a taxa de isolamento na capital de São Paulo, região metropolitana, foi de 48%. Isto é grave, acendendo o sinal amarelo. Nós não podemos baixar de 50%, esta é a orientação da medicina e da ciência”, cobrou Doria, em coletiva de imprensa nesta quinta, 23. “Ficar em casa não é um ato de higiene, é um ato humanitário”, disse o prefeito da Capital, Bruno Covas (PSDB).

De acordo com o prefeito de São Paulo, 70% dos leitos de UTI já estão ocupados na cidade e o municípios está reforçando o setor funerário para atender o aumento da demanda por velórios e sepultamentos em decorrência da covid-19.