Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Caiado avisa que não vai ‘politizar pandemia’

Marcelo de Moraes

Exclusivo para assinantes

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado, avisou pelas suas redes sociais que não quer “politizar” a crise causada pelo coronavírus. Caiado assumiu posição crítica à do presidente Jair Bolsonaro, defendendo, como médico, a manutenção do isolamento para evitar a doença. A reação do governador teve mais impacto por ele ser, até então, apoiador público do governo e ter se manifestado na direção oposta do presidente. A posição de Caiado é respaldada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e pelas autoridades médicas, que defendem o isolamento como forma de combate à doença.

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

“Estão enganados aqueles que acham que vou entrar nesse jogo de politizar a pandemia do Coronavírus. A minha meta como médico e governador é chegar ao fim desse período com o menor número possível de perdas de vidas e com maior capacidade de recuperação econômica”, afirmou Caiado.