Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Caiado defende lockdown de 14 dias em Goiás

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Com 435 óbitos registrados e curva de disseminação em forte ascendência, Goiás estuda decretar lockdown (confinamento ou fechamento total) a partir desta terça, 30, em razão da disseminação atual do novo coronavírus no Estado. De acordo com recente estimativa da Universidade Federal de Goiás (UFG), o colapso do setor público de saúde pode ocorrer em julho, com 18 mil mortes por covid-19 até setembro.

Ronaldo Caiado, governador do Estado de Goiás

Ronaldo Caiado, governador do Estado de Goiás Foto: Reprodução

Caiado pediu a colaboração dos prefeitos resistentes a medidas de distanciamento social no compartilhamento das responsabilidades. “Isso é imoral, desumano, eu não posso aceitar que haja omissão de autoridades. A responsabilidade é de todos nós. Cada prefeito e cada prefeita vai responder pelo caos nos seus municípios. Reflitam bem, analisem bem. Fornecerei as minhas polícias a todos os prefeitos que quiserem que haja cumprimento 14 por 14”, afirmou o governador nesta manhã de segunda, 29. O chefe estadual sugere que o fechamento do comércio seja feito no esquema 14 por 14 dias, ou seja, 14 dias fechado, 14 dias flexibilizados.

Tudo o que sabemos sobre:

Ronaldo CaiadolockdownGoiáscoronavírus