Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Caiado flexibiliza, mas quarentena será mantida em Goiás

Gustavo Zucchi

Exclusivo para assinantes

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), anunciou que manterá as medidas de isolamento social, com o estado de emergência permanecendo por 150 dias. Só que flexibilizou algumas medidas de restrição que estavam sendo adotadas. Por exemplo, agora estão permitidas a abertura de salões de beleza e barbearias, desde que com capacidade reduzida em pelo menos 50%. Serviços religiosos podem acontecer duas vezes na semana na maioria das cidades do Estado. Em cidades com mais casos, como Goiânia, só podem ser realizadas uma vez a cada sete dias. Também foi determinado o uso de máscaras para toda população.